O Porto de Luis Correia possui uma vantagem competitiva considerável por ser o único no Brasil a localizar-se na embocadura de um rio com 1200 km de hidrovia. (Renato Santos Junior)

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Eng.WILSON DO EGITO COELHO da SEP

Engenheiro e Financeiro da Secretaria Especial de Portos e os 3 engs do consorcio

MINISTRO DOS PORTOS VISITARA PORTO DO PIAUI



Ministro Pedro Brito visita Porto de Luís Correia em março


23 fevereiro, 2010 - 23:38 — O ministro da Secretaria Especial de Portos da Presidência da República, Pedro Brito, confirmou para o mês de março, provavelmente no dia 20, uma visita às obras do Porto de Luís Correia, em Parnaíba.

Em audiência com o governador Wellington Dias, nesta terça-feira (23), eles trataram sobre a licitação para a execução do reforço da estrutura do cais.

Essa obra corresponde a um recobrimento das lajes e vigas existentes com concreto projetado e cravação de novas estacas tubadas escavadas ao longo dos 200 metros da plataforma do cais. "Refere-se à segunda etapa, cujo termo de compromisso foi celebrado em dezembro do ano passado, no valor de R$ 14 milhões, recursos do Orçamento Geral da União, autorizados pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento)", destaca Wilson do Egito, técnico da Secretaria de Portos, responsável pela obra, que garante: "Temos condições de concluir o ano permitindo o atracamento de um navio no Porto de Luís Correia".

A primeira etapa, em execução, refere-se à retomada da obra do cais, concluindo os 100 metros de estrutura que estavam abandonados, e construindo mais 100 metros, deixando-o, portanto, com 200 metros de extensão. O convênio para essa primeira etapa foi celebrado em dezembro de 2007, no valor de R$ 13,2 milhões (OGU e Estado), com ordem de serviço emitida em julho do ano passado (por demora no processo de licença ambiental) e prazo de 14 meses para conclusão. "Está em ritmo normal, mas depende da execução do reforço para ser concluída", observa Wilson do Egito.

Para a terceira etapa, cujo termo de compromisso ainda será celebrado, existem recursos no OGU 2010, no valor de R$ 28 milhões, e mais R$ 10 milhões para a dragagem de manutenção. Esses recursos vão integralizar o valor de R$ 64 milhões autorizados pelo PAC. O termo de compomisso já está minutado e deve ser celebrado em cerca de 30 dias, com empenho imediato dos recursos. O objetivo principal será a execução do aterro de retaguarda, com 300x100 metros, pavimentações, edificações administrativas e operacionais, estudos ambientais visando a obtenção da Licença de Operação do Porto, e a licença para a dragagem de aprofundamento.

Mais recursos - Ainda existem mais R$ 14 milhões, no OGU 2010, decorrentes de uma emenda da Bancada do Piauí, que ainda não estão autorizados pelo PAC. Depois de celebrado o termo da terceira etapa, o assunto vai ser submetido ao Grupo Executivo do PAC, como aditamento das edificações, em especial a Estação de Passageiros, e o projeto da dragagem de aprofundamento para 12 metros, que está proposta para o PAC 2.

Participaram também da reunião o secretário de Fazenda do Piauí, Franzé Alves, o superintendente de Representação do Piauí em Brasília, Roberto John; o secretário adjunto de Portos, Augusto Wagner; o subsecretário, Fernando Victor; o chefe de gabinete do ministro, Ricardo Pontes; e o técnico José Ricardo Ruschel.

Fonte: Ccom

Foto: André Oliveira

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

MOLHE

Molhe de acesso ao cais em conclusao.
Como estava antes...

EQUIPAMENTOS

balsa de apoio 300 toneladas de carga.
balsa de apoio de 80 toneladas. Fornecimento de suprimentos a obra.
Guindaste de 70 toneladas que sera usado para cravaçao de estacas no porto.
trator de esteiras em operaçao no molhe.
Segundo guindaste (40 toneladas), carga e descarga de estacas.  

VISITA GOVERNADOR

Governador do Estado do Piaui, WELLINGTON DIAS, visita a obra.
O governador e o Vice governador, a deputada Lilian Martins, secretarios de estado e outras autoridades.

CONSTRUTORES

CONSTRUTORES:
CONSORCIO
STAFF CONSTRUTORA
PAULO BRIGIDO ENGENHARIA

ACESSO AO PORTO

Feita a recuperaçao do acesso ao cais do porto. Estava praticamente intransitavel. Possibilitara o acesso de caçambas, tratores, guindastes, escavadeiras e demais veiculos da obra.

A TODO VAPOR

As obras do porto estao a todo vapor.
Ja chegou a obra do porto de Luis Correia um bate estacas similar a esse.
Nos próximos dias inciar-se-ão a montagem e adaptacoes ao guindaste que ira opera-lo na cravaçao de estacas do modulo 3 do porto (sao 4 modulos).

PORTO DE LUIS CORREIA - PIAUI - BRASIL

Vista aerea do porto de Luis Correia - Piaui